Desejo Proibido

 

Desejo Proibido é uma telenovela da Rede Globo, de autoria de Walther Negrão, que substituiu Eterna Magia, de Elizabeth Jhin, no horário das 18 horas e foi substituida por Ciranda de Pedra. Estreou a 5 de novembro de 2007 e foi exibida até dia 2 de maio de 2008. A trama foi escrita com a ajuda de Jackie Vellego e Renato Modesto e com colaboração de Alessandro Marson e Júlio Fischer. A direção cabe a Luiz Pilar e Tande Bressane, a direção geral a Luiz Henrique Rios e o núcleo a Marcos Paulo.
Apresentando Fernanda Vasconcellos, Murilo Rosa, Letícia Sabatella, Alexandre Borges, José de Abreu, Lima Duarte, Cláudio Marzo, Nívea Maria, Cássio Gabus Mendes, Deborah Evelyn, Fernanda Paes Leme, Pedro Paulo Rangel, Bruna Marquezine, Júlia Lemmertz, Grazi Massafera, Rodrigo Lombardi, Marcos Caruso, Eva Wilma e Daniel de Oliveira nos papéis principais.

Sinopse
A história se passa na década de 30, na pequena cidade mineira fictícia de Passaperto, onde o prefeito Viriato - que na frente de todos dá as ordens, mas em casa quem canta de galo é a mulher, Magnólia - vive em conflito com Cândida Toledo. A poderosa matriarca, que vem de uma família de cafeicultores, põe sempre à frente os seus interesses. Com o declínio do café, tem que vender parte de suas terras à família de Chico Fernandes. Para não dividir os bens, Cândida dá a mão de sua única filha, Isabel, em casamento a este. Da união de Isabel e Chico Fernandes nasce Henrique, em quem, desde o primeiro dia de vida, a avó Cândida deposita todas as expectativas. Isabel falece alguns meses depois do parto, e Chico Fernandes, mal terminado o luto, casa-se com a linda Ana, filha da índia Iraci. Reprovando o romance com uma mulher simples, Cândida cria o neto. Em seu casamento com Chico, Ana sofre muito, por ser maltratada pelo marido, o que a deixa angustiada e sempre aflita, e o pior: apaixona-se pelo seu médico Escobar, e juntos os dois vão viver uma paixão escondida e perigosa. Frustrada em sua tentativa de ser mãe, Ana vai um dia até a gruta rezar para a imagem de uma santa esculpida em pedra. De repente, uma surpresa: encontra um bebê em um pequeno cesto. Esse é o começo da história da pequena Laura. Na cidade, todos atribuem o fato a um milagre da santa da gruta. Justamente para estudar o misterioso caso, o divertido padre Inácio, pároco da cidade convida seu afilhado, o padre Miguel, a ir à cidade de Passaperto. O que Miguel não imagina é que essa missão mudará o rumo de sua vida. Após chegar em Passaperto, Miguel se envolve com Laura, por quem se apaixona, e o que deixa desiludido pelo o fato dele seguir a sua vocação, e além do mais, Miguel tem de enfrentar o ciúme de Henrique, suposto noivo de Laura.Henrique é um jovem inescrupuloso e sem moral que sempre teve tudo o que quis, mais será difícil ele ter Laura do jeito que quer, e somente com a ajuda da ambiciosa enfermeira Raquel é que Henrique poderá colocar em prática suas maldades. A partir daí,Laura vai viver um triângulo amoroso entre ele e Miguel. Mesmo com tanta doçura, Laura vê em casa o conflito de seus pais adotivos Chico e Ana, o que não a agrada.
A cidade de Passaperto é habitada por gente de todo o tipo. A começar pela filha mais nova do prefeito Viriato, Florinda, jovem que sonha em casar, mas será difícil, pois sua irmã mais velha Eulália não tem este objetivo, pois o pai garantiu que quem casa primeiro é a mais velha. Mas, porém, Florinda vai se interessar pelo jornalista Ciro Feijó, homem sem ética, que dentro da cidade quer ficar novamente famoso e fica logo amigo de Argemiro. Argemiro administra o único armazém e pensão na cidade, apaixonado por Florinda e filho de Alcebíades. Alcebíades é um homem preguiçoso,tem sempre uma dor para poupá-lo do trabalho,é casado com Purezinha, doce quituteira da cidade, irmã de Madalena. Madalena é uma boa mulher que vai trabalhar como governanta das filhas de Trajano - Guilhermina (jovem doce e simpática) - Teresa (moça beijoqueira e assanhada) - Maria Augusta (pequena menina curiosa), e cuidando destas três lindas meninas, Madalena se apaixonará por Trajano. Trajano é o delegado da cidade. Viúvo, rigoroso e inteligente, junto com o soldado Brasil, aprontará várias loucuras. Brasil é apaixonado por Teresa, e bajulado por Cidinha, empregada de Viriato.Para movimentar ainda mais Passaperto ainda há as intermináveis fofocas de Dona Guará, casada com o fotógrafo e barbeiro Dioclécio, e mãe de Clemente, moço que teve poliomielite ao nasce, o que lhe deixou algumas sequelas,motivo este pelo qual Guará se culpa tanto por ter tido o filho muito tarde. Tem também o boticário Galileu. Galileu é casado com Dona Belinda, pai de Dulcina – moça dedicada aos estudos, e Diogo – rapaz irresponsável e ganancioso. Galileu é alvo das desconfianças de Belinda por suas saídas misteriosas durante a noite para ir tocar tuba.
Passaperto ganha um progresso redigido por Noronha e Gaspar, que é a ferrovia na cidade. Este progresso criado por Cândida, causará conflitos na cidade, pois requer a demolição da gruta da santa de pedra, pois terá uma ponte atravessando o rio Itareré.
Nos últimos capítulos da novela o vilão Henrique depois de ter conquistado o ódio de muitas pessoas, acaba sendo assassinado misteriosamente , alguém colocou veneno em seu café, e ele acabou morrendo em plena praça pública na praça da cidade, da cria-se o mistério sobre "Quem Matou Henrique", várias pessoas são consideradas suspeitas, os principais são Miguel e Laura, pois estes foram os mais prejudicados pelo vilão, no último capítulo descobre-se que o assassino na verdade foi o ambicioso Diogo, o cúmplice e a ajudante de Henrique em suas armações, o motivo foi vingança, pois Henrique não teria cumprido suas promessas para com Diogo de le colocar em um alto cargo na prefeitura.